Acompanhantes de Luxo.
Buscar Acompanhantes

Contos Eróticos: Primeira vez com uma garota de programa

Primeira vez com uma garota de programa. Meu nome é Lucas, moro no interior de SP e hoje vou relatar uma história da minha juventude, que aconteceu no ano de 2011. Atualmente tenho 31 anos, adepto de exercícios físicos desde de que servi o exército, tenho 1,80 de altura, cabelo preto curtinho e olhos castanho claro.

Acredito que todos os homens tem a curiosidade de estar com uma garota de programa pelo menos uma vez na vida e comigo não foi diferente, desde muito novo queria saber o que havia de diferente em ser atendido por uma profissional do sexo; E tratei de fazer pesquisa detalhada em vários sites, procurando principalmente por relatos de quem já tinha experiência no assunto, fui coletando as principais características que as garotas deveriam possuir para não transformar meu sonho em pesadelo.

Finalizado esse processo, fui atrás obviamente da garota mais bonita que eu poderia encontrar disponível no mercado, não tive pressa, fiquei meses analisando uma por uma até que finalmente encontrei a candidata perfeita, uma morena da pele clara, cabelos longos, lisos e brilhantes, seios médios e bunda grande, a típica brasileira gostosa.

Se identificava como Bianca Salles, com certeza não era seu nome real afinal as meninas desse ramo são bem sigilosas, tinha um anuncio em um site com seu WhatsApp, rapidamente fiz contato por mensagem e para minha surpresa fui atendido prontamente, meu coração disparou porque eu já havia tentado entrar em contato com outras meninas que também julguei serem boas opções e eu simplesmente travava antes de escrever qualquer coisa para elas.

Mas com a Bianca foi diferente, estava decidido em fazer aquilo e enfrentei com todas as forças aquela ansiedade que tomava conta de mim. E ali estava eu, perguntando se ela teria como de me atender ainda aquele dia, explicando que era a minha primeira vez contratando um serviço assim. Em um segundo momento ela me respondeu por áudio e pude ouvir a voz de uma menina meiga e simpática, que tirou todas as minhas dúvidas em relação ao programa e disse que poderia me atender naquele mesmo dia as 14:00 h.

Assim que tudo estava certo eu tinha algumas horas para me arrumar e ir de encontro ao momento que tanto planejei na vida, me lembro de sentir tremores pelo corpo todo, estava agitado e muito preocupado com várias coisas, até porque eu não queria ser visto fazendo aquilo temendo algum tipo repressão por parte da minha família conservadora.

Perto do horário de ir encontra-la mandei mais uma mensagem confirmando se já poderia sair de casa, ela disse que ainda estava se arrumando, mas que eu poderia me deslocar até o local dela e aguardar até o horário combinado que ela já estaria pronta.

Prontamente eu dei aquela última conferida no visual e na higiene para garantir que ela se sentisse o mais confortável possível na minha presença e me dirigi a sua casa que ficava em um bairro de classe média alta da cidade. Cheguei lá faltando cerca de 10 minutos antes do horário combinado, a rua era pouco movimentada, e avisei a Bianca que havia chegado e ela me pediu para aguardar um pouco que já estava terminando de se arrumar. Fiquei apreensivo o tempo todo, olhando para os lados procurando qualquer pessoa que me parecesse conhecida ou suspeita, até que meu celular vibra e é ela dizendo que eu já podia entrar, e meu coração estava quase saindo pela boca nesse momento. Fui até a porta social da casa e ouvi ela destravando, não tinha como enxergar nada de fora para dentro da casa; rapidamente entrei me deparei com uma segunda porta, está entre aberta e ao passo em ia me aproximando da segunda porta, ela ia se abrindo, me dando a visão daquela menina que eu tinha selecionado com tanto cuidado.

Acredito que ainda hoje eu não estive na presença de uma mulher mais bonita e sensual do que ela na vida, indescritivelmente mais bela do que suas fotos do anuncio, alta com prováveis 1,75m, perfume doce na dose certa, vestida com um traje preto transparente semelhante a uma camisola, mas que se abria na parte da frente, estava de salto alto, e uma lingerie rosa.

Fiquei chocado com aquela visão, parei na frente da porta sem palavras, ela pegou minha mão, me puxou pra dentro, fechou a porta e sem dizer nada já me deu um baita beijo na boca e só depois me disse Oi, eu ri e a cumprimentei da mesma maneira.

Aquela mulher exalava sensualidade de todas as formas que se possa imaginar, e ainda assim conseguiu me deixar tão à vontade que parecia que nos conhecíamos a anos. Conversamos brevemente na sala de estar em que fui recebido até que ela me conduziu para o quarto, dizendo que atendia com uma amiga no mesmo local, mas que não existia a possibilidade de ela nos incomodar. Chegamos no quarto e fui atacado novamente com vários beijos maravilhosos que eu retribuía na mesma proporção enquanto eu passava a mão pelo seu corpo, sentindo uma pele macia e ao mesmo tempo firme por conta do treinamento de academia dela.

O clima estava quente, e enquanto aguardava ela naqueles 10 minutos de exposição ao sol, meu corpo ficou suado e pra minha sorte ela me ofereceu uma ducha que aceitei de imediato.

Ela me entregou uma toalha que vinha embalada em um saco plástico, a higiene do local era simplesmente impecável, e o interior da residência impressionava, principalmente a mim que nunca fui acostumado ao luxo. Fui ao banheiro, tirei a roupa e tomei um banho frio para amenizar o calor que estava sentindo, sai do box e não coloquei a roupa, apenas enrolei a toalha no corpo e voltei para o quarto.

Quando volto me deparo com ela sem aquela roupinha transparente, apenas de calcinha e sutiã, sentada na cama me esperando, me olhando fixamente, nesse momento não sabia bem como reagir e perguntei se podia atacar, ela respondeu que eu deveria atacar.

Andei até ela e ela ficou em pé para me beijar de novo, nos beijamos de língua com direito a mordidinha nos lábios e tudo mais, voltamos a esquentar o clima e ela puxou minha toalha me deixando completamente nu, deu uma bela olhada no meu corpo e disse que tinha gostado, foi então que eu tomei a iniciativa, abracei ela com força, tirando do chão e jogando na cama, me deitei em cima do seu corpo pra beija-la de novo.

Meu pau estava mais duro do que nunca nesse momento, e o passava em cima da sua calcinha enquanto nos beijávamos, coloquei seus peitos pra fora do sutiã para que eu pudesse abocanha-los, a sensação era maravilhosa, ela deixava as pernas bem abertas, ambos estávamos tomados pelo tesão. Paramos de beijar para tirar o resto de roupa que ela ainda usava. Foi lindo ver ela se levantar e ficar peladinha na minha frente, cada centímetro do corpo dela parecia ter sido desenhado artisticamente.

Fiquei deitado de barriga para cima na cama olhando aquela cena, me masturbando e pensando que daqui a alguns instantes eu estaria com o pau dentro daquela gostosa. Os meses de pesquisa finalmente estavam mostrando seus resultados.

Quando ela tirou toda sua linda lingerie, voltou para cama engatinhando na minha direção, parou de frente para o meu pau, eu tirei a mão e deixei ela no comando, em seguida sem muito rodeio já estava com ele inteiro na boca, o que não era muito difícil já que eu tenho um membro do tamanho médio brasileiro, 17cm de comprimento por 40 milímetros de diâmetro. Fiquei recebendo aquele oral maravilhoso alternado por garganta profunda até dizer chega, literalmente precisei dizer chega pra brincadeira não acabar ali.

Ela se levantou, ficou de joelhos na minha frente e perguntou como eu queria fazer, então eu pedi pra que ela se deitasse igual eu estava que agora eu iria chupar ela, e foi o que ela fez, se deitou com as pernas bem abertas e me deu toda liberdade de chupar sua buceta o quanto quisesse, era toda depilada e muito lisa, com o rasguinho minúsculo. Me deliciei ali por vários minutos até perceber que ela tivesse bastante satisfeita com meu trabalho.

Me levantei, ela me olhou nos olhos, acenando com a cabeça que havia gostado e eu disse que queria comer ela, ela então pegou uma camisinha que é feita de um material super fino ao ponto de nem parecer que estava usando, e com uma maestria de quem faz aquilo profissionalmente, encapou meu membro usando as mãos e finalizando com a boca. Estava pronto pra sentir o que aquela deusa tinha de melhor.

Começamos na posição clássica de papai e mamãe, me excitava muito ver ela deitada de pernas abertas com os pés para cima, a entrada da sua buceta era tão pequena que me fez pensar que iria ser difícil de penetrar, mas pra minha surpresa entrou fácil, comecei a bombar devagar e fui aumentando o ritmo com o tempo. Ao contrário do que relatam nos contos aqui, na hora do sexo as pessoas mais gemem do que falam, e foi assim que transamos, ofegantes, gemendo, trocando olhares maliciosos a cada tapa bem colocado.

Trocamos de posição para eu poder ver aquela bunda enquanto estocava meu pau com força dentro daquela buceta, e foi uma visão perfeita, aquela bunda redondinha, durinha, toda malhada de academia, dei vários tapas ali, e depois trocamos de posição uma última vez. Deitei na cama com o pau pra cima e ela veio cavalgando primeiro de costas depois de frente e me beijando sempre que podia, até que não conseguir segurar mais e gozar dentro, senti meu corpo e minha alma se esvaziarem.

Ela então se deitou do meu lado, visivelmente exausta, e me disse que tinha gozado tanto que não tinha forças pra mais nada. Ficamos assim por um bom tempo deitados recuperando o folego, e se conhecendo melhor. A moça tinha um nível intelectual invejável, era mais estudada que eu mesmo sendo mais nova, o que realçou ainda mais sua beleza.

O tempo passou rápido graças a tudo de maravilhoso que ela havia me proporcionado e quando olhei o celular já estava na hora de ir embora, me levantei ainda zonzo, tomei mais um banho, paguei a garota e fui embora.

Sempre gostei mais de contos reais do que fictícios, talvez por a realidade ser bem mais limitada que a fantasia, porem como contos reais são extremamente raros eu resolvi contribuir e criar esse conteúdo para quem compartilha dos mesmos gostos que eu.

Não sou nenhum especialista em escrita, mas fiz o meu melhor e espero que tenham gostado.

Abraço do Luke!

Nome
Email
Seu comentário
© 2024 Luxuria